SUV ou compacto aventureiro?

Produzido em Porto Real, no Rio de Janeiro, Citroën C4 Cactus será lançado em setembro

A Citroën iniciou a produção do novo C4 Cactus, modelo que na Europa é vendido como hatch compacto e aqui é chamado de SUV, com duas opções de motor e câmbio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 06/08/2018 12:41 / atualizado em 06/08/2018 14:12 Enio Greco /Estado de Minas


Modelo tem linhas robustas, com distância entre-eixos de 2,60m - Citroën/Divulgação Modelo tem linhas robustas, com distância entre-eixos de 2,60m
 

O Grupo PSA (Peugeot/Citroën e DS) anunciou o início da produção do novo Citroën C4 Cactus na fábrica de Porto Real, no Rio de Janeiro. Lançado na Europa em 2014 como hatch compacto, o modelo compartilha a plataforma PF1 dos Peugeot 208 e 2008, e será lançado no mercado brasileiro em setembro, com duas opções de motor 1.6, sendo um aspirado e outro turbo, com câmbio manual ou automático de seis velocidades.


O novo Citroën C4 Cactus já é comercializado na Europa desde março, e foi desenvolvido durante três anos pelas equipeda da PSA no Brasil, Argentina e França. Para produzi-lo na planta de Porto Real, foram investidos quase R$ 600 milhões. O modelo brasileiro terá visual quase idêntico ao europeu, mas deve trazer algumas diferenças para melhor e outras pra pior.
Para reforçar a segurança e obter bons resultados nos testes de impacto lateral, o C4 Cactus tem a estrutura reforçada com duas barras laterais. A Citroën não revela muitos detalhes técnicos do modelo, mas é sabido que a versão topo de linha será equipada com seis airbags e o Active Safety Brake, que aciona automaticamente os freios em caso de colisão iminente. A Citroën revela ainda que o modelo terá isolamento acústico diferenciado, além de suspensão com ajuste mais confortável e adequada aos diferentes pisos brasileiros.

 

 

MOTORES As versões de entrada do novo C4 Cactus serão equipadas com o motor 1.6 16V aspirado, que desenvolve potência máxima de 122cv. Ele poderá ser acoplado ao câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades. A outra opção será o eficiente motor 1.6 THP, com turbo, que desenvolve 173cv, e será disponibilizado somente com o câmbio automático de seis marchas.


Ainda comparado ao modelo europeu, o Cactus brasileiro terá acabamento interno com materiais mais simples, para reduzir custo. A Citroën não revelou os preços, mas estima-se que o modelo deverá ser comercializado em versões que irão de R$ 70 mil a R$ 90 mil. Com o C4 Cactus, a Citroën espera melhorar sua participação no mercado brasileiro, que anda em baixa há alguns anos.

O C4 Cactus terá sistemas que auxiliam o motorista, como o detector de fadiga - Citroën/Divulgação O C4 Cactus terá sistemas que auxiliam o motorista, como o detector de fadiga

Além de produzir veículos, o Polo Industrial Brasil do Grupo PSA, em Porto Real, também fabrica motores, e alcançou a marca de 2 milhões de unidades produzidas em março de 2018. A linha de virabrequins recebeu R$ 43 milhões de investimentos, possibilitando a substituição da importação destes componentes pelos locais, reduzindo custos de produção. A fábrica de veículos produziu mais de 1,6 milhão de unidades desde sua inauguração em 2001 e de lá saem os modelos Peugeot 208 e 2008 e os Citroën C3, Aircross e agora o C4 Cactus.

Tags: novo citroën c4 cactus hatch aventureiro suv compacto lançamento

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
17 de agosto de 2018