Ford Focus deixa de ser vendido no Brasil a partir de maio de 2019

Um dos motivos é a baixa demanda no segmento dos médios, hatches e sedãs, em detrimento da preferência pelo utilitários-esportivos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/10/2018 11:57 / atualizado em 02/10/2018 12:40 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 15/10/15

A Ford anunciou o fim da produção do Focus na planta de General Pacheco, na Argentina, a partir de maio de 2019, o que também encerra sua oferta no mercado brasileiro. O motivo é a baixa demanda pelo modelo, hatch e sedã. Aliás, os médios como um todo, principalmente os hatches, têm registrado acentuada queda nas vendas, frente ao crescente interesse pelos utilitários-esportivos.


Até agosto desse ano, foram apenas 2.210 emplacamentos do Focus hatch, posicionado entre o Chevrolet Cruze, na triste liderança de um segmento esvaziado, com 3.731 unidades vendidas, e o Volkswagen Golf, que registrou 2.072 emplacamentos. Esses três modelos vêm alternando o pódio do segmento nos últimos cinco anos. Para se ter ideia, em 2014 o Focus liderava os hatches médios, tendo vendido ao longo do ano 21.859 unidades, seguido pelo Cruze, com 17.049, e o Golf, com 16.118 emplacamentos.

Em 2015 a queda foi acentuada, mas o Modelo da Ford ainda encabeçava o segmento, totalizando 12.910 unidades. Neste ano, o Golf alcançou a segunda posição, com 10.063 emplacamentos, seguido pelo Cruze, com 9.117 registros. Em 2016 as vendas do segmento caíram pela metade, e, com apenas 6.766 emplacamentos, o Focus obteve a liderança novamente. A segunda colocação ficou com o Golf (5.966 unidades) e a terceira com o Cruze (3.587 registros). Em 2017 e 2018, o Focus Fastback (o sedã) registrou mais unidades vendidas que o hatch, porém, num segmento que tem mais representantes de peso, trata-se de uma participação muito pequena.

SUCESSOR Quando chegou ao mercado brasileiro, no ano 2000, o Focus era símbolo de prazer ao dirigir. Ele foi escolhido para substituir o bem sucedido Escort. Além do bom acabamento e do design interessante, o modelo oferecia bom desempenho, não só na interação entre motor e câmbio, mas pela ótima suspensão e direção. A segunda geração oi lançada em 2008, seguida pela terceira, em 2013.

A Ford não se pronunciou sobre um possível sucessor para o Focus, nem a respeito de um reposicionamento do restante da linha no sentido de ocupar o espaço deixado pelo modelo. Na Europa, o Focus já está na quarta geração (o vendido no Brasil ainda é o da terceira), que é muito mais sofisticada. Somando a isto os custos de importação de uma região fora do Mercosul, a venda dessa geração no Brasil é muito improvável.

Tags: ford focus fim da produção argentina sai de linha brasil

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
13 de dezembro de 2018
12 de dezembro de 2018