Ford Focus deixa de ser vendido no Brasil a partir de maio de 2019

Um dos motivos é a baixa demanda no segmento dos médios, hatches e sedãs, em detrimento da preferência pelo utilitários-esportivos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/10/2018 11:57 / atualizado em 02/10/2018 12:40 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 15/10/15

A Ford anunciou o fim da produção do Focus na planta de General Pacheco, na Argentina, a partir de maio de 2019, o que também encerra sua oferta no mercado brasileiro. O motivo é a baixa demanda pelo modelo, hatch e sedã. Aliás, os médios como um todo, principalmente os hatches, têm registrado acentuada queda nas vendas, frente ao crescente interesse pelos utilitários-esportivos.


Até agosto desse ano, foram apenas 2.210 emplacamentos do Focus hatch, posicionado entre o Chevrolet Cruze, na triste liderança de um segmento esvaziado, com 3.731 unidades vendidas, e o Volkswagen Golf, que registrou 2.072 emplacamentos. Esses três modelos vêm alternando o pódio do segmento nos últimos cinco anos. Para se ter ideia, em 2014 o Focus liderava os hatches médios, tendo vendido ao longo do ano 21.859 unidades, seguido pelo Cruze, com 17.049, e o Golf, com 16.118 emplacamentos.

Em 2015 a queda foi acentuada, mas o Modelo da Ford ainda encabeçava o segmento, totalizando 12.910 unidades. Neste ano, o Golf alcançou a segunda posição, com 10.063 emplacamentos, seguido pelo Cruze, com 9.117 registros. Em 2016 as vendas do segmento caíram pela metade, e, com apenas 6.766 emplacamentos, o Focus obteve a liderança novamente. A segunda colocação ficou com o Golf (5.966 unidades) e a terceira com o Cruze (3.587 registros). Em 2017 e 2018, o Focus Fastback (o sedã) registrou mais unidades vendidas que o hatch, porém, num segmento que tem mais representantes de peso, trata-se de uma participação muito pequena.

SUCESSOR Quando chegou ao mercado brasileiro, no ano 2000, o Focus era símbolo de prazer ao dirigir. Ele foi escolhido para substituir o bem sucedido Escort. Além do bom acabamento e do design interessante, o modelo oferecia bom desempenho, não só na interação entre motor e câmbio, mas pela ótima suspensão e direção. A segunda geração oi lançada em 2008, seguida pela terceira, em 2013.

A Ford não se pronunciou sobre um possível sucessor para o Focus, nem a respeito de um reposicionamento do restante da linha no sentido de ocupar o espaço deixado pelo modelo. Na Europa, o Focus já está na quarta geração (o vendido no Brasil ainda é o da terceira), que é muito mais sofisticada. Somando a isto os custos de importação de uma região fora do Mercosul, a venda dessa geração no Brasil é muito improvável.

Tags: ford focus fim da produção argentina sai de linha brasil

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
20 de outubro de 2018
19 de outubro de 2018
18 de outubro de 2018