Lançamento

JAC Motors lança o SUV T50, que chega recheado de equipamentos, a partir de R$ 83.990

Tentando sobreviver à crise, o grupo SHC, que representa a chinesa JAC no Brasil, traz o SUV T50, equipado com motor 1.6 16V de 138cv e câmbio CVT

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 14/11/2018 16:50 Enio Greco /Estado de Minas

O modelo chega para tentar ocupar seu espaço no concorrido segmento dos SUVs compactos - JAC/Divulgação O modelo chega para tentar ocupar seu espaço no concorrido segmento dos SUVs compactos
 

De Campinas (SP) - Apesar de estar em processo de recuperação judicial (procedimento para evitar a falência) desde o início do mês, o grupo SHC, representante da chinesa JAC Motors, não perde as esperanças de se reerguer no Brasil. Prova disso é que acaba de lançar o T50, SUV compacto que chega para substituir o T5 e traz como atrativos o motor 1.6 16V combinado com câmbio CVT, além de amplo pacote de itens de série composto por controles de estabilidade e tração, cinco câmeras que proporcionam visão de 360 graus do carro, sistema multimídia com tela flutuante e muito mais. A JAC quer vencer a concorrência pelo conteúdo.


A empresa arrasta há anos o projeto de construir uma fábrica no Brasil e no fim de 2017 anunciou que o empreendimento seria feito no estado de Goiás, com a intenção de produzir 35 mil unidades por ano. Os primeiros modelos escolhidos para dar início aos trabalhos na nova fábrica são o JAC T40, lançado em agosto de 2017, e o substituto do T5, o T50, que acaba de ser apresentado. De acordo com Sérgio Habib, presidente do grupo SHC, trata-se de um projeto totalmente novo, que deve ajudar a JAC a iniciar seu processo de recuperação no Brasil.

Lanternas e tampa traseira ganharam novo desenho, assim como as rodas de liga leve de 16 polegadas - JAC/Divulgação Lanternas e tampa traseira ganharam novo desenho, assim como as rodas de liga leve de 16 polegadas

Comparado ao T5, o T50 ganhou nova frente, com grade de moldura cromada, novos faróis e lanternas traseiras mais afilados. Apesar disso, o desenho da carroceria é basicamente o mesmo, porém, com dimensões um pouco maiores, com 4,35m de comprimento, 1,77m de largura, 1,64m de altura e distância entre-eixos de 2,56m. A altura em relação ao solo é de 20cm e o volume do porta-malas declarado pelo fabricante é de 600 litros. Muito bom para um SUV compacto. As rodas de liga leve de 16 polegadas ganharam novo desenho.

A grade dianteira tem novo formato e moldura cromada e os faróis agora contam com luzes diurnas - JAC/Divulgação A grade dianteira tem novo formato e moldura cromada e os faróis agora contam com luzes diurnas

Diferentemente do T5, que é equipado com motor 1.5 flex de 127cv, o T50 traz o novo 1.6 16V DVVT a gasolina, de 138cv a 6.000rpm e 17,1kgfm de torque a 4.000rpm. Sérgio Habib garantiu que num futuro próximo o SUV compacto ganhará um motor 1.6 flex. O câmbio é o novo CVT (continuamente variável) que simula seis marchas. Com esse conjunto mecânico, o JAC T50 acelera até 100km/h em 11,3 segundos e tem máxima de 198km/h. No pacote de eletrônica, o modelo traz de série desde a versão de entrada controles de tração e estabilidade, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), assistente de partida em rampa, monitoramento da pressão dos pneus e sistema start/stop, que favorece a economia de combustível.
Painel tem linhas horizontalizadas e a central multimídia com tela flutuante faz parte do Pack 3 - JAC/Divulgação Painel tem linhas horizontalizadas e a central multimídia com tela flutuante faz parte do Pack 3

POR DENTRO O interior do JAC T50 comprova a evolução de alguns carros chineses no Brasil. O modelo tem acabamento interno com materiais de boa qualidade, com couro sintético revestindo os bancos, parte do painel e painéis das portas (na versão Pack 3). O painel principal tem desenho horizontalizado, com detalhe imitando fibra de carbono. Os instrumentos são circulares e entre eles uma tela digital exibe os dados do computador de bordo.  A central multimídia agora é flutuante e conta com tela tátil de oito polegadas que permite o espelhamento de smartphones por meio do IOS e Android Auto.

Os bancos são confortáveis, mas o volante só tem ajuste de altura, além de ser multifuncional - JAC/Divulgação Os bancos são confortáveis, mas o volante só tem ajuste de altura, além de ser multifuncional

O modelo traz ainda ar-condicionado digital automático, mas sem a saída para os passageiros que sentam no banco traseiro. Ali eles ganharam uma entrada USB, além da outra do console. O T50 conta com um interessante sistema de câmeras que permite a visão de 360 graus do carro. Tem também a câmera frontal, que grava imagens em cartão que podem servir de prova em caso de acidente.

DIRIGINDO Tivemos um rápido contato com o novo JAC T50 no percurso de São Paulo a Campinas. O carro tem posição de dirigir elevada, como todo SUV, o que favorece a visibilidade. O motor 1.6 16V proporciona desempenho satisfatório do SUV, mas não chega a proporcionar uma performance brilhante. Com o giro acima de 3.000rpm, o ruído de funcionamento do motor começa a invadir a cabine, demonstrando sua aspereza. O câmbio atua de forma eficiente, sem trancos, e se adapta à maneira de dirigir do motorista, reduzindo rapidamente nas retomadas de velocidade. As trocas manuais só podem ser feitas na alavanca do câmbio, já que o modelo não conta com aletas atrás do volante, que tem comandos para o som, controlador de velocidade e telefonia. As suspensões transferem as irregularidades do solo para dentro do habitáculo e proporcionam uma discreta instabilidade direcional em velocidades mais elevadas.

O JAC T50 tem cinco câmeras, entre elas a frontal, que pode ajudar a baratear o seguro do carro - JAC/Divulgação O JAC T50 tem cinco câmeras, entre elas a frontal, que pode ajudar a baratear o seguro do carro

A versão Pack 2 (R$ 83.990) traz de série nova chave smart com fechamento dos vidros, luz de direção de LED, faróis com regulagem elétrica de altura, rack de teto, rodas de liga leve de 16 polegadas, volante multifuncional com ajuste de altura, duas entradas USB, bancos revestidos em tecido, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, e ar-condicionado digital. Já a versão Pack 3 (R$ 87.990) acrescenta o JAC Connect Front Camera, câmera 360 graus, câmera de ré, rebatimento elétrico dos retrovisores, sensor crepuscular, luzes diurnas de LED, controlador de velocidade e kit multimídia com Mirror Link e tela de oito polegadas. A JAC espera vender mil unidades do modelo até o fim do ano e 5 mil em 2019.


O JAC T50 chega para encarar uma extensa fila de concorrentes, que traz Honda HR-V, Jepp Renegade, Nissan Kicks, Renault Captur, Chevrolet Tracker, Peugeot 2008, Hyundai Creta, Ford EcoSport e Citroën C4 Cactus. Para Sérgio Habib, uma concorrência de peso, mas ele garante que seu produto ganha no preço e no conteúdo. O problema é que as outras marcas estão estabelecidas no Brasil e contam com rede de assistência bem maior.

OUTRAS NOVIDADES Aproveitando o lançamento do T50, Sérgio Habib anunciou para janeiro a chegada do novo JAC T80, um SUV de sete lugares equipado com motor 2.0 turbo de 200cv. A marca pretende lançar no Brasil também uma picape média com motor a diesel e tração 4x4, que seria o terceiro produto produzido na fábrica de Goiás. Outra novidade que a JAC vai lançar no Brasil em junho de 2019 será o elétrico E40, que pode ser controlado pelo celular, traz baterias sob os bancos, painel todo digital, com preço de R$ 129.990, o mais barato do segmento no país. É esperar pra ver!

(*) Jornalista viajou a convite da JAC Motors

Tags: utilitário-esportivo suv lançamento shc t50 motors jac

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
18 de dezembro de 2018