Especialista orienta

Combustível adulterado e o prejuízo

Veículo abastecido com combustível contaminado pode apresentar irregularidades no seu funcionamento

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/06/2018 12:00 / atualizado em 01/06/2018 16:45 Thays Martins /Diario de Pernambuco
O combustível adulterado pode causar diversos sintomas, tanto na moto quanto no carro. Devido à escassez da gasolina que acometeu o Brasil nos últimos dias, alguns postos recorreram a truques ilegais para aumentar o volume do combustível e faturar mais. Quando a partida começa a falhar e a passagem de marcha fica mais lenta, é preciso ficar alerta para que o condutor procure um mecânico.
Shilton Araujo/Esp.DP

Ao insistir em rodar com o veículo abastecido com combustível adulterado, o carro começará a engasgar, com consumo alto e perda de potência. Já a motocicleta apresenta aceleração desregulada e problemas na ignição, fazendo com que o veículo falhe e não ligue. O recomendado é abastecer seu veículo em postos de bandeira confiável e, caso o cliente tenha dúvida sobre a qualidade do produto, o funcionário do posto é obrigado a realizar um teste para comprovar a qualidade do combustível. Esse teste consiste em colocar em um recipiente de 100ml, metade de gasolina e metade de água. Gasolina não se mistura com água, mas etanol sim. Se o combustível estiver adulterado, mais de 10ml do produto irá se misturar com a água.

Carlos Monteiro, gerente de assistência técnica da Italiana, ressalta que neste momento de desabastecimento e escassez de combustível, diversos postos estão adulterando ou realizando a prática da bomba baixa, que é a alteração no volume vendido, ou seja, você paga um litro mas recebe menos. “Já recebemos  carros com problemas causados pela adulteração do combustível. Está uma situação fora de controle”, alerta o especialista.
Daniel Ferreira/CB/D.A Press

O gerente destaca ainda problemas acarretados pela falta de combustível nos postos. “O tanque dos postos acumulam resíduos no fundo. Ao zerar o combustível e reabastecê-lo, os resíduos se misturam ao etanol ou a gasolina e vai diretamente para o veículo, gerando sérios problemas no funcionamento e prejuízo. Para se ter ideia, um bico injetor custa, em média, 600 reais.”

A Agência Nacional de Petróleo (ANP) permite até 27% de etanol na gasolina e possui um documento de certificado de qualidade para os postos regularizados. Caso desconfie do local, peça para ver este documento. Para realizar denúncias, a pessoa que se sente lesada pode procurar a ANP, através do site anp.gov.br, como também é possível denunciar ao Procon Recife nos telefones 0800 28 11 311 e 3355-3290, além do e-mail procon@recife.pe.gov.br. O Procon está situado na rua Carlos Porto Carreiro, 156, Boa Vista, e atende das 8h às 13h. Então, se não tiver com o tanque na reserva, evite abastecer neste período de crise, para evitar transtornos e prejuízos futuros.

Tags: vrum Toyota Etios Ready! Etios Ready! Toyota Corolla Dynamic Corolla Dynamic séries especiais público jovem Estado de Minas

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
21 de junho de 2018
20 de junho de 2018