Publicidade

Estado de Minas NOVIDADE

Hyundai apresenta o New Tucson 2019

Modelo repete a receita da Hyundai para avançar entre os SUVs no Brasil


postado em 07/07/2018 08:00 / atualizado em 06/07/2018 12:25

Modelo traz um requinte maior para os veículos mais voltados para as famílias (foto: Jorge Moraes / DP )
Modelo traz um requinte maior para os veículos mais voltados para as famílias (foto: Jorge Moraes / DP )
 
A geração anterior do Tucson abriu um caminho e tanto para os SUVs no Brasil. O seu sucessor natural, que seria o IX35, conviveu com o antigo veículo até pouco tempo. Pelo mundo, desde 2017, os sul-coreanos viravam a chave a favor do novo integrante da família Hyundai. O New Tucson é bravo, elegante, melhor escrevendo, charmoso por fora, relativamente bem acabado por dentro e, de quebra, tem um motor que considero um dos melhores 1.6 do mercado. Mas não é só isso. O carro é turbo (e teria que ser) de injeção direta, 177 cavalos de potência e 27 quilos de torque. Na estrada fez uma média de 11 km/l de gasolina. Além de rodar suave.
 
O asiático feito no Brasil é divertido de dirigir. Ágil na melhor versão de compra, a GLS, que já vem com teto solar panorâmico mesmo devendo alguns mimos como a assinatura em LED dos faróis de maior luminosidade como no topo da gama.
 
De baixo ruído interno, o conforto foi priorizado no carro montado pela CAOA em Anápolis, Goiás. Só faria a observação do painel e dos acabamentos em plástico que poderiam ser melhores um pouco, quer dizer mais refinados. Fora isso, o acerto do SUV é na medida.
Interior de plástico do SUV pede um maior refinamento (foto: Jorge Moraes / DP )
Interior de plástico do SUV pede um maior refinamento (foto: Jorge Moraes / DP )
 
A chave presencial avisa quando você se aproxima e os retrovisores rebatidos retornam a posição original. Um simples toque na maçaneta permite o acesso à cabine com acabamento em couro sintético misturado nos bancos, oferta de multimídia com tela de sete polegadas com Apple Carplay e Android Auto. O botão de partida tá lá para manter a chave no seu bolso ou dentro da bolsa para as mulheres, por exemplo. O volante funcional mantém você o tempo todo com as mãos na direção e quanto ao quadro de instrumentos achei limpo e objetivo.
 
Carrão tipo família? Sim, mas nada de visual cansado de tiozão. A proposta de espaço dentro e fora foi garantida pelas medidas da carroceria: são 4,47 m de comprimento, 1,85 m de largura e entre-eixos de 2,67 m. E no detalhe, o New Tucson representa bem a montadora que encontrou o posicionamento de mercado para os dois SUVs (pense também no IX35) de praticamente mesma proposta. A diferença, além do visual e do conceito atualizado de luxo e riqueza, está no preço entre um modelo e outro. O IX custa R$ 109,9 mil, enquanto o primo mais novo R$ 30 mil a mais.
(foto: Jorge Moraes / DP )
(foto: Jorge Moraes / DP )
 
No pacote de acabamento GLS anote a rodagem aro 18 polegadas, o acendimento automático dos faróis, controles de tração e estabilidade e bolsas de ar frontais, laterais e de cortina. Segurança é palavra de ordem. Naturalmente, se você me perguntar o que falta em termos de praticidade, é a abertura automática do porta-malas. Função que se torna, aos poucos, cada vez mais indispensável. Mas na versão top está lá inclusa. De resto, é justo dizer que ele está pronto para a concorrência do Compass, líder do segmento automotivo mais cobiçado do Brasil.


Ficha técnica

Hyundai New Tucson 1.6T
 
Motor: 1.6 turbo
Potência: 170 cv a 
3.750 rpm
Torque: 27 kgfm de 1.500 a 4.500 rpm
Câmbio: AT7
Pneus: 225/55 R18
Consumo cidade: 9,3 km/l
Consumo estrada: 11,2 Km/l

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade