Motocicleta

Viajar sobre duas rodas é atenção

No meio do ano, é comum pegar a estrada para aproveitar o frio do interior do estado, mas é preciso se preocupar com o roteiro da viagem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/07/2018 08:00 / atualizado em 06/07/2018 12:51 Débora Eloy



O mês de julho acabou de chegar e, com ele, as férias escolares. Mas, se engana quem pensa que só quem aproveita essa época são as crianças. Muita gente utiliza esse período do ano para curtir o frio do interior, tão raro de encontrar no estado. Também é comum achar os apaixonados por motocicletas fazendo planos para encarar a serra.
 
Pilotar durante a noite requer cuidado e luzes de faróis em bom funcionamento  - PAULO PAIVA / DP / D.A PRESS Pilotar durante a noite requer cuidado e luzes de faróis em bom funcionamento
É importante, seja sobre duas ou quatro rodas, ter atenção antes e durante as viagens para não ocorrer acidentes e estragar o que era pra ser um momento de lazer e diversão. Porém, nas motocicletas o cuidado precisa ser redobrado, já que nelas, o corpo vira a carroceria. Por isso, o DP Auto reuniu algumas dicas muito importantes na hora de tirar a sua moto da garagem.
 
Antes de mais nada, como a pilotagem costuma ser mais cansativa do que conduzir um carro, é primordial fazer um roteiro com paradas estratégicas para descansar. A vestimenta também é um item externo que precisa ser observado, ainda mais no mês de julho, quando o clima fica mais instável no estado. Roupas e acessórios, como luvas, podem ser o divisor de águas entre um acidente mais feio e apenas algumas escoriações.
O capacete, nem se fala. É o principal equipamento de segurança para os pilotos. Por isso, antes de viajar, verifique se o seu capacete está em bom estado e com os adesivos reflexivos e selo do Inmetro visíveis.
 
Estar com a revisão em dia é importante antes, durante e depois da viagem de férias. A motocicleta precisa estar com pneus em bom estado e calibrados seguindo as recomendações do proprietário, tanque abastecido com combustível de qualidade, bom nível de óleo e todas as lâmpadas funcionando. E quem melhor para garantir isso do que o seu mecânico de confiança?
 
Aquele kit de ferramentas essenciais precisa estar completo e em dia. Como diria o ditado, melhor prevenir do que remediar. Sendo assim, antes de qualquer coisa, é preciso verificar quanto espaço existe na motocicleta e saber se o equipamento de manutenção levado corresponde aos itens da sua moto. Por exemplo, não adianta carregar uma chave fixa de 5/8” se não houver nenhum parafuso correspondente na moto.

O melhor amigo de todo motorista e piloto é o manual do proprietário, é nele que estão todas as especificações do veículo. Para conhecer melhor a sua motocicleta, o DP Auto indica conhecer bem o manual. Desta forma, será mais fácil diagn
osticar o problema para o reparo ou na hora de pedir ajuda a um mecânico.
 
Em viagens mais longas, ou quem quer aproveitar ao máximo o tempo de descanso, é comum o piloto pegar a pista à noite. O que não é recomendado. Mas, caso não dê pra evitar, a dica é atenção redobrada, já que a visibilidade fica comprometida.
 
Moto pronta, equipamento revisado, roteiro finalizado. Hora de pegar a estrada. A última, e talvez mais importante dica é: respeite as sinalizações e os limites de velocidade. Dessa forma, a viagem tende a seguir tranquila e segurança. O importante no fim de tudo são as boas histórias para contar na volta para a casa.
Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
17 de julho de 2018