Publicidade

Estado de Minas INUSITADO

Governo filipino destrói veículos luxuosos

Eles valiam cerca de R$ 20 milhões, mas eram contrabandeados


postado em 03/08/2018 12:16 / atualizado em 08/08/2018 08:35


 
 
(foto: Foto / Reprodução vídeo / RTVM)
(foto: Foto / Reprodução vídeo / RTVM)
 
O final de julho foi marcado por destruição de veículos de luxo na Filipinas. 68 carros e 8 motos foram esmagados por escavadeiras, após pedido do presidente Rodrigo Duterte.

Entre os modelos, estavam marcas como Lamborghini, Porsche, Mercedes Benz e Harley Davidson. Juntos, os 76 veículos valiam US$ 5,5 mi, equivalentes a 20 milhões de reais e faziam parte de um grupo de 800, confiscados pelo governo. Essa medida de Duterte foi necessária pela frota ter sido, segundo o governo, importada ilegalmente.

Eleito em 2016, o presidente, desde que assumiu o governo, é conhecido por adotar políticas duras e lutar contra a corrupção. Essa foi a segunda vez neste ano que ele acompanhou a demolição de bens luxuosos. Em fevereiro, supervisionou a destruição de outros 30 carros contrabandeados.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade