Por que o Jeep Compass é (de novo) o SUV mais vendido do Brasil?

Testamos o utilitário-esportivo médio fabricado em Pernambuco, que pelo segundo ano consecutivo liderou o segmento. Confira os predicados e as escorregadas do modelo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/01/2019 14:13 / atualizado em 02/01/2019 14:49 Pedro Cerqueira /Estado de Minas

Jair Amaral/EM/D.A Press

Lançado há dois anos, o Jeep Compass termina 2018 como o utilitário-esportivo mais vendido do país, repetindo o mesmo feito do ano passado. Não é pouca coisa para um SUV de porte médio, cujo preço parte de R$ 111.990, e que concorre em um segmento que ganha diversos concorrentes a cada ano. Para descobrir os atributos que colocaram o modelo em posição de destaque, testamos a versão intermediária Longitude, equipada com motor 2.0 flex e câmbio automático de seis marchas.


Quanto ao design, quem entra na concessionária Jeep e sai dirigindo o Compass é quem procura por um SUV urbanóide, já que os que preferem um jipinho acabam optando pelo compacto Renegade. Uma consequência disso é o para-choque dianteiro esbarrar em entradas e saídas de rampas acentuadas, ainda que a velocidade esteja baixa. A coluna C é larga, e mesmo com o vidro vigia, compromete a visibilidade traseira em manobras. O porte médio proporciona bom espaço interno – ideal para quatro ocupantes, já que o túnel do assoalho sacrifica o conforto do passageiro central –, além de um porta-malas razoável, com volume de 410 litros, que abriga o estepe (de uso temporário).

Coluna C é larga, comprometendo a visibilidade traseira - Jair Amaral/EM/D.A Press Coluna C é larga, comprometendo a visibilidade traseira

O motorista pode contar com regulagem de altura no banco e ajustes de altura e distância no volante. No banco de trás falta iluminação, mas pelo menos existem saídas do ar-condicionado. A segurança básica é completa: apoios de cabeça, cintos de segurança de três pontos e Isofix para todos. Se for preciso mais espaço para levar carga, o banco traseiro rebate fracionado, formando um assoalho plano. O acabamento interno é de qualidade, combinando bancos revestidos em couro, painel com material emborrachado, tapetes acarpetados e teto revestido com tecido de bom aspecto. Também há couro nos painéis das portas, apoio de braço e volante.

Com ângulo de entrada mais 'fechado', para-choque dianteiro sempre esbarra em rampas - Jair Amaral/EM/D.A Press Com ângulo de entrada mais 'fechado', para-choque dianteiro sempre esbarra em rampas

RODANDO O motor 2.0 flex dita o ritmo, mesmo com os 1.500 quilos do utilitário-esportivo, trunfo do câmbio automático de seis marchas que não exita em reduzir quando necessário, mantendo as rotações altas e o veículo pronto para responder. Claro que o consumo está muito longe do ideal, registrando médias muito baixas em regiões de topografia acidentada. Se o veículo estiver carregando muito peso, é preciso paciência para obter melhor desempenho, que é gradual. Se o motorista quiser, é possível trocar marchas manualmente por aletas próximas ao volante. A suspensão proporciona conforto mesmo sobre piso irregular, mas não decepciona nas curvas. Com assistência elétrica progressiva, a direção é firme em alta velocidade e leve nas manobras.

Interior tem acabamento caprichado e tela tátil de 8,4 polegadas - Jair Amaral/EM/D.A Press Interior tem acabamento caprichado e tela tátil de 8,4 polegadas

CONTEÚDO O Jeep Compass Longitude traz de série itens como a chave presencial – muito prática porque, guardada no bolso, destrava as portas e libera a partida do motor pelo toque de um botão –, ar-condicionado digital de dupla zona, rodas de 18 polegadas, regulagem elétrica do facho dos faróis e faróis de neblina com função cornering, que em baixa velocidade ilumina o lado para o qual o volante está virado. O modelo também traz de série sistema multimídia com tela tátil de 8,4 polegadas, com destaque para a conectividade com smartphones (pelo Apple Carplay e Android Auto), comandos por voz e telefonia. Não há navegação nativa, mas é possível usar aplicativos como o Waze. As mídias disponíveis são rádio, Bluetooth, duas entradas USB e uma auxiliar. O sistema de áudio conta com seis alto-falantes, mas a unidade testada trazia como opcional um conjunto da Beats com 506W de potência.

Porta-malas é razoável, com volume de 410 litros, porém abriga o estepe - Jair Amaral/EM/D.A Press Porta-malas é razoável, com volume de 410 litros, porém abriga o estepe
Banco traseiro proporciona conforto para até dois passageiros - Jair Amaral/EM/D.A Press Banco traseiro proporciona conforto para até dois passageiros

CONCORRENTES Os principais concorrentes do Compass são: Hyundai ix35 (a partir de R$ 110.990), equipado com motor 2.0 flex de até 167cv e câmbio automático de seis marchas; VW Tiguan Allspace 250 TSI (R$ 124.990), com motor 1.4 turbo de 150cv e câmbio automático de seis velocidades; Kia Sportage (R$ 105.990), com motor 2.0 flex de até 167cv e câmbio automático de seis marchas; Toyota RAV4 L (R$ 129.990), com motor 2.0 de 145cv e câmbio CVT de sete velocidades; Chevrolet Equinox LT (R$ 144.490), com motor 2.0 turbo de 262cv e câmbio automático de nove marchas; e Peugeot 3008 Griffe (R$ 160.990), com motor 1.6 turbo de 165cv e câmbio automático de seis marchas.


FICHA TÉCNICA
Jair Amaral/EM/D.A Press


MOTOR
Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, 1.995cm³ de cilindrada, flex, que desenvolve potências máximas de 159cv (gasolina) e 166cv (etanol) a 6.200rpm e torques máximos de 19,9kgfm (gasolina) e 20,5kgfm (etanol) a 4.000rpm

TRANSMISSÃO
Tração dianteira e câmbio automático de seis marchas

SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira McPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores com geometria triangular e barra estabilizadora; e traseira McPherson com rodas independentes, links transversais/laterais e barra estabilizadora / 7 x18 polegadas (liga de alumínio) / 225/55 R18

DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica progressiva

FREIOS
Discos ventilados na frente e discos sólidos na traseira, com ABS e EBD

CAPACIDADES
Peso, 1.546 kg; porta-malas, 410 litros; tanque de combustível, 60 litros; capacidade de carga (passageiro e carga), 400 quilos.

DIMENSÕES
4,41m de comprimento, 1,82m de largura, 1,64m de altura e 2,63m de entre-eixos


CONSUMO (Inmetro)
Na cidade, 8,1km/l (g) e 6,1km/l (e); na estrada, 10,8km/l (g) e 7,5km/l (e)

DESEMPENHO

Velocidade máxima (km/h): 188(g)/192(e); aceleração até 100 km/h (s): 10,9(g)/10,6(e)


EQUIPAMENTOS

Jair Amaral/EM/D.A Press


DE SÉRIE
Freios ABS; airbags frontais; ajuste do volante em altura e distância; alarme; aletas para troca de marcha; apoia-braço com porta objetos; ar-condicionado digital de dupla zona; banco do motorista com regulagem de altura; banco do passageiro rebatível; banco traseiro bipartido 60/40 e rebatível; bancos revestidos parcialmente em couro; chave de presença; comandos do sistema de áudio e Bluetooth no volante; computador de bordo; controle de tração e estabilidade; controle de estabilidade para trailer; controle anticapotamento; câmera de estacionamento traseira; retrovisores com rebatimento e ajustes elétricos; estepe de uso emergencial; faróis e lanterna de neblina; freio de estacionamento eletrônico; assistente de partida em rampa; Isofix; limpador e desembaçador dos vidros traseiros; luzes diurnas; assistente de frenagem de emergência; quadro de instrumentos sete poelgadas em TFT; rack de teto; sensor de estacionamento traseiro; monitoramento de pressão dos pneus; sistema multimídia; tapetes em carpete; vidros e travas elétricos.

OPCIONAIS
Pintura metálica (R$ 1.700); Pacote Premium (R$ 3.200), acendimento automático dos fárois, faróis de xenônio, sensor de chuva, retrovisor antiofuscante e sistema de som Beats de 506W.


Quanto custa?
O Jeep Compass 2.0 Flex Longitude tem preço inicial de R$ 124.990. Com os opcionais, a versão testada custa R$ 129.890.

Tags: vrum teste jeep compass cerqueira

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018
23 de julho de 2018
15 de julho de 2018
09 de julho de 2018