Portal Vrum

Ford/Divulgação
Ford/Divulgação

FICHA TÉCNICA
MOTOR
Dianteiro, longitudinal, quatro cilindros em linha, a diesel, com turbo de geometria variável, 2.799 cm3 de cilindrada,
que gera 135 cv de potência máxima a 3.800 rpm e torque máximo de 38,2 kgfm a 1.400 rpm
TRANSMISSÃO
Câmbio manual de 5 marchas; tração traseira, com opção de 4x4 (normal e reduzida)
DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica
SUSPENSÃO
Dianteira Do tipo braços curtos/longos com molas tipo barra de torção e barra estabilizadora
Traseira Do tipo eixo motriz semiflutuante, com molas semi-elípticas de dois estágios e barra estabilizadora
RODAS / PNEUS
7,0 x 16 polegadas (em liga leve) / 245/70 R 16
FREIOS
Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS nas rodas traseiras
PESO
2.830 kg
TANQUE DE COMBUSTÍVEL
75 litros
EQUIPAMENTOS DE SÉRIE
Airbag duplo; turbo TGV; direção hidráulica; ar-condicionado; espelhos retrovisores, vidros e trava das portas com acionamento elétrico; freio traseiro com ABS; CD Player; vidros verdes; tomada de 12V no acendedor de cigarros; ajuste de altura da coluna de direção; ganchos internos na caçamba para fixação de cargas; iluminação no compartimento do motor; pára-choque traseiro com degrau; faróis de neblina; janela traseira corrediça; rodas de liga leve de 16 polegadas; grade do radiador pára-choques cromados; e ajuste de altura do banco do motorista.
OPCIONAIS
Não há.
RANGER XLT 2.8 4X4 X CONCORRENTES
RANGER XLT CHEVROLET S10 NISSAN FRONTIER TOYOTA HILUX MITSUBISHI L200 2.8 4X4 TORNADO CD 4X4 SE 2.8 TD 4X4 SRV 3.0 DT 4X4 SPORT HPE 2.5 Potência (cv) 135 132 132 116 141
Dimensões (AxBxCxD) (mm) (*) 5.143X2.022X 5.257X1.734X 5.077X1.826X 4.895X1.690 5.088X1.814X
1.825X3.192 1.600X3.122 1.700X2.950 X1.765X2.860 1.800X2.960
Altura do solo (mm) ND 228 218 215 225
Ângulos de ataque e saída (**) 29°/24° 26°/22° 32°/24° 38°/20° 38°/20°
Capacidade de carga (quilos) 1.050 1.010 1.000 1.040 1.020
Velocidade máxima (km/h) (**) 160 171 164 ND 166
(*) A comprimento, B
(**) Dados fornecidos pelos fabricantes
POSITIVO
* Motor
* Estilo
* Engate elétrico da tração
NEGATIVO
* Diâmetro de giro
* Espaço no banco traseiro
* Desconforto quando roda vazia
* AVALIAÇÃO TÉCNICA
+ BOM
++ REGULAR
+++ RUIM
ACABAMENTO DA CARROCERIA
A qualidade final da pintura é satisfatória. A montagem das partes móveis é boa, exceto o capô, que está descentralizado. Falta protetor de caçamba, mas existe grade protetora de cabine e quatro ganchos para fixar carga na caçamba. Os recobrimentos plásticos que envolvem a curvatura dos pára-lamas têm boa montagem. (++)
VÃO DO MOTOR
O motor preenche bem o vão, e o acesso à manutenção é razoável. O isolamento acústico está presente na parte interna do capô e do painel de fogo, mas o resultado é ruim, seja em marcha lenta, ou em alta rotação. (++)
ALTURA DO SOLO
Não houve interferências com o solo, mesmo com carga máxima. Tem chapa protetora em aço para o cárter, parte da suspensão dianteira, caixa de transferências e reservatório de combustível. (+)
CLIMATIZAÇÃO
É por comando manual, com quatro velocidades, e tem boa vazão. Apresentou-se eficiente, proporcionando a sensação de conforto no habitáculo em tempo normal. (+)
FREIOS
O comportamento dinâmico foi bom, com sensibilidade do pedal e reações balanceadas nos dois eixos, apesar de ter ABS somente nas rodas traseiras. (+)
CÂMBIO
Os engates são secos, um pouco pesados, mas têm boa precisão. As relações de marchas atendem bem ao veículo e o curso da alavanca é normal. O sistema de tração tem acionamento elétrico, por comando no painel, e funcionou de forma perfeita. (++)
MOTOR
O motor 2.8 litros, com turbo de geometria variável, apresentou boa performance de uma forma geral. As retomadas de velocidade e aceleração são eficientes e compatíveis com o peso do veículo. O nível de ruídos e as vibrações de funcionamento são aceitáveis. (+)
VEDAÇÃO
Boa contra água e poeira. (+)
NÍVEL INTERNO DE RUÍDOS
Os ruídos no habitáculo são contidos, mesmo quando se trafega sobre piso de terra, calçamento e asfalto ruim. O efeito aerodinâmico, somado ao funcionamento do motor em alta rotação, é perceptível e incomoda. (++)
SUSPENSÃO
O conforto de marcha é ainda bem limitado e melhora um pouco com o veículo carregado. A estabilidade em uso normal é aceitável, mas requer cuidado em curvas que têm ondulações/imperfeições, nas quais a traseira altera a trajetória. Em estrada de terra batida e cascalhada proporciona dirigibilidade segura, além de boa absorção a impactos. (++)
DIREÇÃO
O volante tem boa pega e a coluna de direção, ajuste em altura, com ótimo curso. O diâmetro de giro é ruim em manobras de garagem/estacionamento. Com o veículo em velocidade e carregado, perde muito em precisão nas reta e curvas, exigindo atenção em manobras de desvio, devido à leveza da direção e ao retardo inicial de resposta. (+++)
ILUMINAÇÃO
Os novos faróis têm construção com parábola simples e apresentaram eficiência normal. Mas os fachos dos faróis demonstraram excessiva vibração quando o carro passa sobre piso irregular. O veículo tem faróis auxiliares de neblina no pára-choque, mas peca pela falta de regulagem elétrica em altura em função da carga transportada. Existem luzes de cortesia somente no vão motor e porta-luvas. (++)
LIMPADOR DE PÁRA-BRISA
Possui eficiente esguicho do tipo spray em “V” que, quando acionado, ativa as palhetas automaticamente, varrendo uma boa área. É fácil o acesso ao reservatório d’água no vão do motor. (+)
ESTEPE/MACACO
A operação de troca não é fácil, devido ao peso, posição do estepe (fica sob a caçamba) e aos pontos de sustentação do macaco no chassi. O kit de troca (macaco, chave de rodas e extensão) está fixado debaixo do assento do banco traseiro. Não há trava antifurto para o estepe. (+++)
FERRAMENTAS
Não tem. (+++)
ALARME
Tem alarme antifurto contra arrombamento das partes móveis, mas não tem sensores por ultra-som contra quebra dos vidros.
Com o comando (por controle remoto) para travar as portas, os vidros não sobem automaticamente. (++)
* Estas avaliações técnicas foram realizados para o Caderno de Veículos do jornal Estado de Minas pelo engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

Fonte: Fabricante

Encontre seu veículo