O lado travesso

Ducati Multistrada 1200 Enduro tem muito mais a oferecer do que o visual bonito

Equipado com extenso pacote eletrônico e motor com 160cv de potência, modelo também tem visual excêntrico e disposição para encarar asfalto e terra com muita desenvoltura

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/04/2017 15:23 / atualizado em 24/04/2017 08:32 Téo Mascarenhas /Estado de Minas


Em 2009, o modelo foi eleito como o mais belo no Salão Internacional de Milão, na Itália - Ducati/Divulgação Em 2009, o modelo foi eleito como o mais belo no Salão Internacional de Milão, na Itália

Quando foi apresentada em 2009, durante o Salão Internacional de Milão, na Itália, a Ducati Multistrada 1200 foi eleita a mais bela da exposição por meio do voto popular. Uma verdadeira façanha para um modelo com formas mais robustas, estilo big trail, no qual as características técnicas e a eficiência são mais valorizadas que a silhueta, em um segmento altamente disputado. Porém, o jeitão aventureiro, com o badalado desenho da escola italiana de estilo, mostrou que não tinha apenas uma estampa capaz de agradar a uma grande parcela de simpatizantes pelo mundo.

O motor de dois cilindros em L tem comando desmodrômico variável - Ducati/Divulgação O motor de dois cilindros em L tem comando desmodrômico variável

Em 2015, a família aumentou com o modelo 1200 Enduro, ainda mais preparado para qualquer terreno, mostrando também a sua “beleza interior”. A Ducati, que está oficialmente no Brasil, comercializa o modelo com preço sugerido de R$ 89.900, em um pacote que inclui muita eletrônica embarcada e um motor com a tradicional arquitetura de dois cilindros dispostos em L, com nada menos que 160cv e o DNA esportivo que caracteriza a marca italiana. Uma mistura que simboliza a entrada da montadora no universo aventureiro fora do asfalto.

 

 

ELETRÔNICA O motor conta com quatro modos de pilotagem, em sincronia com os 13,9kgfm de torque. O modo Enduro ajusta a potência para “apenas” 100cv, regulando também o sistema ABS para atuar de forma mais branda, assim como o controle de tração. O sistema que impede a roda dianteira de “empinar” é desativado, enquanto a suspensão “ativa” ajusta eletronicamente os amortecedores para pisos acidentados. No modo de pilotagem Turismo, a potência volta para 160cv e os controles de tração e de ABS passam a ser mais atuantes e as suspensões ficam mais macias.

Malas laterais podem ser acopladas e os pneus mistos substituídos para terra - Ducati/Divulgação Malas laterais podem ser acopladas e os pneus mistos substituídos para terra

No modo Esportivo, a potência é liberada sem limitações, as suspensões ficam mais firmes, e o controle de tração e o de empinadas passam a atuar com menor intervenção. Porém, o sistema ABS confere atuação cirúrgica, permitindo acionar os freios nas curvas, eliminando a tendência de a moto voltar à posição vertical. O modo de pilotagem Urbano reduz a potência para 100cv, ativando o controle de tração e de empinadas para níveis mais altos, assim como os freios ABS. Já as suspensões são reguladas eletronicamente para superar as armadilhas, buracos, quebra-molas etc.
A iluminação conta com LEDs e proporciona interessante aspecto ao modelo - Ducati/Divulgação A iluminação conta com LEDs e proporciona interessante aspecto ao modelo

ANDANDO As rodas da Ducati Multistrada 1200 Enduro são raiadas, como convém a um modelo de uso misto. Porém, na dianteira o aro é de 19 polegadas de diâmetro, meio caminho entre os esportivos e mais ariscos de 17 polegadas e os fora de estrada de 19 polegadas, mais lentos nas mudanças de direção. Dessa forma, transita bem na terra e no asfalto, ajudado pelo pacotão eletrônico. Para viagens, tem o piloto automático e a possibilidade de acoplar malas, e para trechos mais pesados no fora de estrada, a opção de substituição dos pneus mistos por outros específicos para terra.

Moto conta com painel digital e muita eletrônica para tornar a pilotagem mais prazerosa - Ducati/Divulgação Moto conta com painel digital e muita eletrônica para tornar a pilotagem mais prazerosa

O motor e os freios são destaques. Os dois cilindros equipados com comando desmodrômico variável, batizado de Testaestretta DVT (cabeçote curto), oferecem torque desde os giros mais baixos, facilitando a pilotagem. Já os freios com duplo disco de 320mm na dianteira, com pinças Brembo radiais de quatro pistãos, param uma locomotiva. A suspensão dianteira tem garfo de 48mm e a traseira, amortecedor único. Ambos Sachs de 200mm de curso. A iluminação é com LED e o painel digital, com bluetooth. O tanque garante boa autonomia com 30 litros e o peso a seco é de 225kg.

As rodas são raiadas, com aro de 17 polegadas na traseira e ABS de curva - Ducati/Divulgação As rodas são raiadas, com aro de 17 polegadas na traseira e ABS de curva
 

 

Tags: ducati multistrada 1200 enduro motor desmodrômico italiana

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Ultimas Notícias

ver todas
17 de outubro de 2017
09 de outubro de 2017
02 de outubro de 2017
26 de setembro de 2017
19 de setembro de 2017