Publicidade

Estado de Minas LANÇAMENTO

Novo Audi A3 chega com as carrocerias hatch e sedã, a partir de R$ 229.990

Modelo tem as opções de motores 1.4 e 2.0, ambos turbo, com câmbio Tiptronic de oito velocidades ou S Tronic de sete marchas


postado em 23/11/2021 10:18

(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
De São Paulo* - Você se lembra do Audi A3? Pois é, ele andava sumido do Brasil desde que deixou de ser produzido no Paraná, no fim do ano passado. Mas agora ele retorna vindo da Alemanha e chega nas carrocerias hatch (Sportback) e sedã, com duas opções de motores turbo e câmbio automático  e automatizado de dupla embreagem. De acordo com o fabricante, trata-se de um modelo totalmente novo, mais sofisticado e com mais tecnologia. Porém, as versões que serão vendidas no mercado brasileiro não trazem sistemas de auxílio à condução, disponíveis nos modelos da concorrência.

(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
Desde quando foi lançado mundialment em 1997, o Audi A3 já teve mais de 4 milhões de unidades comercializadas em mais de 100 países. A primeira geração do modelo inaugurou a fábrica da marca em São José dos Pinhais, no Paraná, em 1999, e, desde então, 50% dos Audi vendidos no Brasil são A3, cerca de 90 mil unidades. Mas em novembro do ano passado, a montadora comunicou o fim da produção do modelo no território brasileiro, passando a trabalhar apenas com automóveis importados.

(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
Agora a quarta geração do A3 chega ao Brasil, vinda da fábrica de Ingolstadt, na Alemanha. Com as carrocerias do hatch e sedã feitas com aços de alta resistência e capô em alumínio, para aliviar o peso, o novo A3 teve o visual repaginado. A grade frontal ficou mais ampla, com desenho octagonal, tipo bocão, e recheio no estilo colmeia. Nas extremidades do para-choque dianteiro, entradas de ar maiores, para dar um toque de esportividade e auxiliar na refrigeração.

Os faróis full LED ganharam novo formato e nova assinatura de LED. O capô com quatro vincos marcantes reforçam a s formas aerodinâmicas do hatch e do sedã, que trazem ainda a linha de cintura mais elevada. Os para-lamas estão mais pronunciados, conferindo aspecto mais robusto aos modelos. Na traseira, as novas lanternas em LED têm formato 3D, o para-choque foi redesenhado e agora acomodam duas saídas do escapamento. As rodas de liga leve são de 18 polegadas, com desenhos diferentes para cada versão.

Além das mudanças no visual, o hatch e o sedã  cresceram no comprimento e na largura, mas ambos mantêm a distância entre-eixos de 2,63m. O Sportback cresceu 3cm no comprimento, chegando a 4,34m, e 2cm na largura, que agora é de 1,81m. A altura é de 1,43m. Já o sedã cresceu 4cm no comprimento (4,49m) e 2cm na largura (1,81m), com altura também de 1,43m. No hatch, o porta-malas tem 380 litros de capacidade e o assoalho pode ser regulado em dois níveis, facilitando a acomodação da bagagem. Além disso, o tampão do bagageiro pode ser alojado abaixo do assoalho, no caso de transporte de objetos maiores. Já o porta-malas do sedã tem capacidade de 425 litros.

(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
INTERIOR
Por dentro, o novo Audi A3 traz mais sofisticação, com acabamento de boa qualidade. O painel tem linhas horizontais, com estilo rebuscado, e instrumentos digitais com três possibilidades de configurações. O volante é esportivo, multifuncional, com a base achatada e revestimento em couro .

O novo Cockpit traz tela central de alta definição tátil de 10,1 polegadas do sistema MMI. A central multimídia tem conectividade por Apple CarPlay e Android Auto, além de comando por voz. O sistema permite o emparelhamento de até dois celulares por Bluetooth, carregamento da bateria por indução e ainda disponibiliza duas entradas USB-C no console e atrás. O desenho das saídas do ar-condicionado no painel foram inspiradas no Lamborghini Urus. Outra novidade é o botão sensorial no console, que possibilita a operação intuitiva do sistema de som.

(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
O Audi Virtual Cockpit, nome pomposo do painel de instrumentos, tem tela de 12,3 polegadas e resolução full HD. Ele pode ser configurado em três diferentes layouts: clássico, dinâmico e Sport. Mas não oferece a possibilidade da exibição do mapa de navegação, que só pode ser visualizado na central multimídia. Aliás, os novos A3 não trazem GPS nativo, já que a navegação é feita somente por aplicativos.

(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
Os bancos dianteiros da versão de topo têm  desenho esportivo, tipo concha, com apoio de cabeça integrado. Já o banco traseiro traz descanso de braço embutido.  O ar-condicionado dual zone ganhou novo painel de comando e acionamento por teclas. O único sistema de auxílio à condução disponível é o Park Assist Plus, com sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, além de câmera de ré. O sistema auxilia o motorista nas manobras de estacionamento, assumindo o comando depois de iniciada.

No console, destaque para o novo seletor de marchas, com acionamento eletrônico. Com uma pequena alavanca, ele permite uma operação bem simples, mas as trocas de marchas manuais são feitas apenas nos shift paddles. O freio de estacionamento é eletrônico e conta com auto hold, que auxilia nas arrancadas em subidas.

MOTORES As versões mais mansas do novo A3 são equipadas com o motor 1.4 turbo, de 150cv e 25,5kgfm de torque, associado ao câmbio automático Tiptronic de oito velocidades. Com esse conjunto, tanto o hatch quanto o sedã aceleram até 100km\h em 8,8 segundos e têm máxima de 219km\h (Sportback) e 227 (sedã). Já o motor 2.0 turbo desenvolve 190cv e 32,6kgfm de torque, trabalhando em conjunto com o câmbio S Tronic de sete velocidades. Com esse conjunto, a máxima é de 241km\h para o Sportback e 248km\h para o sedã, com aceleração até 100km\h em 7,4 segundos.  Ambos têm tração dianteira e suspensão traseira multlink.

(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
(foto: Audi\Divulgação)
O novo A3 pode trazer opcionalmente os faróis full LED Matrix (R$ 8.500), com adaptação automática dos fachos de luz, assistente de farol alto, DRL com assinatura exclusiva, setas dinâmicas e apresentação de luzes ao abrir e fechar as portas. Outro opcional é o sistema de som Bang & Olufsen 3D (R$ 6 mil), com 15 alto-falantes e amplificador de 16 canais, com 680 watts de potência.

Já o interior com o pacote S Line (R$ 5.500) traz bancos dianteiros bordados com a inscrição S, que aparece também no volante, com detalhe em couro perfurado, além de costuras em cor contrastante nos bancos, portas e painel. Existe ainda a possibilidade de customização, com detalhes em fibra de carbono nas capas dos retrovisores (R$ 6 mil) e no spoiler traseiro (R$ 12 mil). Outro opcional é o pacote de iluminação ambiente, com 30 cores (R$ 1.500).

VERSÕES Os modelos são vendidos nas versões S Line Limited 1.4 (R$ 229.990) e Performance Black 2.0 (R$ 264.990). Com todos os opcionais disponíveis a versão S Line Limited pode ir a R$ 269.490, e a Performance Black a R$ 309.490.

AO VOLANTE  Dirigimos os novos Audi A3 de São Paulo a Tatuí, por estradas planas e bem pavimentadas. No asfalto liso, o hatch com motor 2.0 mostrou que tem boas reações tanto nas arrancadas quanto nas retomadas de velocidade. Porém, o câmbio S Tronic tem um pequeno atraso nas trocas de marchas, problema que pode ser resolvido com o uso dos shift paddles. As suspensões garantem boa estabilidade em curvas, além de conforto ao rodar. O sedã com o motor 1.4 tem desempenho um pouco mais tímido, mas também com agilidade e bons números de consumo. Na estrada chegou a registrar 14,4km\l.

CONCORRENTES O novo Audi A3 tem concorrentes de peso no mercado, mas apesar de trazer pacotes de equipamentos nem tão completos, seus preços e motorizações são mais interessantes. O Mercedes-Benz Classe A 250 (hatch) tem motor de 224hp e custa R$ 319.900. Já o Classe A Sedan 200 Advance tem motor de 163hp e preço de R$ 279.900. O BMW Série 1 tem motor de 140cv e vem equipado com Parking Assistant, com preço de R$ 272.950. E o BMW Série 2 Gran Coupé tem o mesmo motor, controle de cruzeiro e Connected Package Plus, por R$ 284.950. Questionada sobre a ausência de sistemas de auxílio à condução nas configurações do A3 destinadas ao Brasil, a Audi afirmou que foi uma opção diante da falta de semicondutores, mas posteriormente o modelo poderá ter sua lista de equipamentos revista.

(*) Jornalista viajou a convite da Audi

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade