Polo ou Argo? Corolla ou Civic? Mobi ou up!? Confira os vencedores dos principais confrontos em 2017

Fenabrave fecha o balanço de vendas do ano que passou. É hora de saber quem se deu bem em cada segmento e o resultado das principais rivalidades do mercado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 05/01/2018 16:32 / atualizado em 18/01/2018 14:12 Pedro Cerqueira /Estado de Minas


Chevrolet Onix foi campeão pela terceira vez consecutiva - Chevrolet/Divulgação Chevrolet Onix foi campeão pela terceira vez consecutiva
A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) divulgou o fechamento do ranking de emplacamentos de 2017, hora de ver como cada modelo se comportou. Os três primeiros lugares já não eram segredo, com medalha de ouro para o Chevrolet Onix (188.654 emplacamentos), prata para o Hyundai HB20 (105.539) e bronze para o Ford Ka (94.893). Este, aliás, foi o mesmo pódio de 2016. O quarto colocado foi o Volkswagen Gol (73.919), que mostrou sua capacidade de recuperação, já que amargou a oitava colocação no ranking anterior. Em seguida vem o Chevrolet Prisma (68.988), o sedã mais vendido do país. Tudo bem, sabemos que o movimento dessa parte de cima da tabela é tão emocionante quanto a disputa pelas cabeças nas últimas rodadas do Brasileirão na era dos pontos corridos. Por isso, vamos apelar para o jornalismo marrom e dar destaque para os principais duelos que aconteceram ao longo de 2017.

Renault Kwid decepcionou ao ficar na 31ª posição no ranking de emplacamentos - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Renault Kwid decepcionou ao ficar na 31ª posição no ranking de emplacamentos

FIAT, VW E GM
A Fiat vem cedendo terreno entre os automóveis, sendo a quinta marca mais vendida (172.454 unidades) em 2017, o que é muito ruim para um fabricante que há anos se acostumou a ocupar, na pior das hipóteses, a segunda colocação. Quem mais vendeu automóveis em 2017 foi a GM (348.787), seguida pela Volkswagen (217.697), Hyundai (197.914) e Ford (188.893). Mas nem tudo está perdido para a Fiat. É que a marca se destacou entre os comerciais leves (118.870), nada menos que 35% das vendas totais, seguida por VW (54.382) e GM (45.312), o que lhe assegurou a segunda colocação quando juntamos automóveis e comerciais leves (a primeira ficou com a GM e a terceira com a VW). Mas isso não deixa de ser um alerta para a montadora italiana, que está em processo de renovação de sua linha.


VW Polo chegou ao mercado em outubro e teve 9.531 unidades vendidas em 2017 - Jair Amaral/EM/D.A Press VW Polo chegou ao mercado em outubro e teve 9.531 unidades vendidas em 2017

Lançado em junho, Fiat Argo fechou o ano com 27.925 emplacamentos - Jair Amaral/EM/D.A Press Lançado em junho, Fiat Argo fechou o ano com 27.925 emplacamentos

POLO, ARGO E KWID

Para os modelo lançados ao longo do ano, faltam parâmetros comuns para comparar a performance no mercado, já que cada veículo foi lançado em um mês. É o caso do Fiat Argo, que começou a ser vendido em junho, totalizando 27.925 emplacamentos. Seu principal concorrente é o VW Polo, lançado em outubro, que teve 9.531 unidades vendidas em 2017. Com o Renault Kwid aconteceu o mesmo. O modelo começou a ser vendido em agosto, mas a partir de junho já estava disponível para pré-venda. Ainda assim, ele frustrou o mercado, ao terminar o ano com 22.576 emplacamentos, na 31ª posição.

Em seu segundo ano no mercado, Fiat Mobi deixou o VW up! para trás - Jair Amaral/EM/D.A Press Em seu segundo ano no mercado, Fiat Mobi deixou o VW up! para trás

Apesar da qualidade do projeto, VW up! não tem preço competitivo - Jair Amaral/EM/D.A Press Apesar da qualidade do projeto, VW up! não tem preço competitivo

UP! X MOBI
No embate entre o VW up! e o Fiat Mobi, melhor para o compacto da Fiat. Mesmo com menos espaço interno e a péssima qualificação de sua performance de segurança pelo Latin NCAP, foram vendidas 54.270 unidades do Mobi, contra 34.165 do up!. Isso mostra que o quesito preço muitas vezes é o que prevalece no mercado brasileiro, já que o Mobi é vendido a partir de R$ 34.210, enquanto o up! parte de R$ 38.740.

Assustador constatar que o Chevrolet Cruze Sport6 custa a partir de R$ 93.990 - Beto Novaes/EM/D.A Press Assustador constatar que o Chevrolet Cruze Sport6 custa a partir de R$ 93.990

HATCHES MÉDIOS
Sinal de alerta para os hatches médios. Acho que aqui nem vale muito realçar a competição – o mais vendido foi o Chevrolet Cruze (com 7.328 unidades), seguido por Ford Focus (4.756) e VW Golf (3.955) –, mas tentar entender porque modelos tão interessantes estão ameaçados de extinção. Seria o preço? Pois assusta constatar que o Cruze custa a partir de R$ 93.99 e ainda vende mais que o Focus (que começa em R$ 76.100) e o Golf (R$ 78.780).

Toyota Corolla foi responsável por 43,08% do segmento dos sedãs médios, com 66.188 unidades vendidas - Jair Amaral/EM/D.A Press Toyota Corolla foi responsável por 43,08% do segmento dos sedãs médios, com 66.188 unidades vendidas

Linhas agressivas não levaram o Honda Civic à liderança do segmento - Jair Amaral/EM/D.A Press Linhas agressivas não levaram o Honda Civic à liderança do segmento

COROLLA X CIVIC
Agora, tem quem explique a supremacia do Toyota Corolla? O modelo é responsável por 43,08% do segmento dos sedãs médios, tendo vendido 66.188 unidades em 2017. Seu arquirrival Honda Civic teve o ano inteiro para se impor, mas não vendeu nem a metade. A décima geração “chegou chegando” com seu design agressivo e conseguiu 25.871 emplacamentos, ou 16,84% do segmento. O Corolla é tão “animal”, que em apenas um mês chega a vender o dobro do que alguns concorrentes venderam durante todo o ano: Nissan Sentra (3.861 unidades em 2017); Citroën C4 Lounge (3.313); e Peugeot 408 (1.118).

Hyundai Creta deu uma rasteira no Jeep Renegade e assumiu a segunda colocação dos SUVs compactos - Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press Hyundai Creta deu uma rasteira no Jeep Renegade e assumiu a segunda colocação dos SUVs compactos

Reestilização alavancou as vendas do Ford EcoSport - Leandro Curi/EM/D.A Press Reestilização alavancou as vendas do Ford EcoSport

SUVs
Já no vasto universo dos SUVs compactos, o Hyundai Creta (41.625 emplacamentos) deu uma rasteira no Jeep Renegade (38.330) e tomou a segunda colocação do segmento, que novamente foi liderado pelo Honda HR-V (47.775). Você acha que a Jeep achou ruim? Nada disso! É que muitos que entraram em suas concessionárias em busca de um Renegade, saíram dirigindo um Jeep Compass (49.187), utilitário médio que vendeu mais que os compactos. Já a reestilização do Ford EcoSport surtiu efeito e as vendas do modelo melhoraram (31.195). Quem ficou para trás foi o Renault Duster (17.638). Mas, se levarmos em conta que o Renault Captur vendeu 13.742 unidades, a Renault também incrementou suas vendas de SUVs.

SUV médio Jeep Compass vendeu mais que o campeão dos compactos; Fiat Toro foi novamente líder entre as picapes intermediárias - Jair Amaral/EM/D.A Press SUV médio Jeep Compass vendeu mais que o campeão dos compactos; Fiat Toro foi novamente líder entre as picapes intermediárias

PICAPES
No embate das picapes de porte intermediário, a Fiat Toro (com 50.723 emplacamentos) deu outra surra na Renault Oroch (11.047) e se firmou como um dos produtos mais importantes da marca italiana. Entre as compactas, outra vitória da Fiat: a Strada somou 54.863 emplacamentos, contra 42.409 da VW Saveiro. Já entre as picapes médias, a Toyota Hilux se destacou de novo, com 34.368 unidades vendidas, enquanto a Chevrolet S10 vendeu 30.438.

Tags: onix vrum 2017 vendidos mais veiculos

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
20 de abril de 2018
19 de abril de 2018