Design

Identidade visual dos carros está em voga

Cada vez mais a aparência dos carros da mesma montadora estão se assimilando

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 05/02/2018 14:49 Thainá Nogueira /Diario de Pernambuco


Todos os carros têm uma linhagem que faz o apaixonado por automóvel identificar de longe qual é a montadora que assina aquele design, certo? Essa é uma tendência cada vez mais utilizada. Algumas empresas estão, inclusive, levando essa realidade ao pé da letra. É o caso da Chevrolet e da Volkswagen. A Fiat também está chegando lá. Isso porque, além de marcar traços no veículo que apontam para uma assinatura da fabricante, esse mesmo design é levado para todos os outros carros da gama. Mas qual o real objetivo dessa identidade
visual? Vale ter um design padrão para os veículos?

 

Chevrolet / Divulgação

Chevrolet

A grade frontal dos carros da Chevrolet são exemplos de identidade visual. Olhe para um Onix e um Equinox. Você vai perceber, de longe, que são carros da mesma família. Para a montadora, a parte da frente do veículo imprime a sua assinatura. São capôs alongados, faróis posicionados na horizontal e invadindo um pouco a lateral do carro, grade frontal e saída de ar idênticas. Essa realidade faz parte de uma nova era da montadora. Em que novas gerações e face-lifts - ficaram de fora apenas a minivan Spin e a picape compacta Montana - trouxeram à tona uma Chevrolet mais modernizada e simpática.  Além disso, esses traços conseguem manter um visual global para os veículos que representam a General Motors. Esse é o ponto que a grande maioria das marcas procura. Uma identificação única e emblemática.

 

Bruno Vasconcelos / DP
 

Volkswagen
O recém-lançado novo Polo se assemelha muito com um velho conhecido, o
Gol. Para um leve entusiasta do setor, fica até difícil conseguir distinguir os dois veículos. Durante algum tempo, o projeto de um novo hatch para a montadora era mesmo fazer um Gol mais moderno, baseado no Polo europeu. Porém, veio a crise e tudo mudou dentro da Volkswagen. E o carro que levou grandes investimentos da montadora chegou para por a prova um motor singular com uma carenagem simpática e velha conhecida.

 

Jorge Moraes / DP
 

Fiat

Desde o lançamento da Toro, em 2016, a Fiat imprimiu uma nova característica para os modelos da sua gama. Os lançamentos, desde então, estão com aspectos mais arrojados, esportivos, agressivos. A própria Toro consegue externar esses adjetivos, graças ao farol horizontal e bem alongado, vincos ao redor da lataria e grade dianteira elevada. Argo e Virtus têm o mesmo semblante. A mudança nesse apelo dos veículos é prova que a marca está a postos para a modernização.

 

 

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
13 de novembro de 2018
12 de novembro de 2018

Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe